A História da Margarida

A História da Margarida


A História da Margarida
COMO MUITOS heróis das histórias em Quadrinhos, o Donald também tem uma etema namorada: a Margarida. Ela apareceu em 1937, nos Estados Unidos, e, naquele tempo, seu nome era Donna. Foi só em 1940 que ela passou chamar-se Daisy, em português, Margarida. Criando Margarida, os estúdios de Walt Disney corrigiram uma tremenda injustiça: até aquele momento, apenas Mickey tinha uma companheira e o Donald estava condenado à solidão.
Mas Margarida é muito diferente de Minie. É mais vaidosa, mais ambiciosa e perde a calma com muita facilidade. Em suas brigas com o Donald as coisas, às vezes, voam pelos ares e acabam parando na cabeça do pobre pato. As discussões entre a Margarida e o Donald tornaram-se mais freqüentes depois que surgiu o Gastão, que gosta de infernizar a vida do Donald, tentando conquistar o amor da Margarida. Outras personagens que costumam participar das histórias da Margarida são suas três sobrinhas, Lalá, Lelé e Lili. Quem apareceu primeiro foi a Lalá, em 1960. Só um pouco depois, mas no mesmo ano, apareceram a Lelé e a Lili. E as três já tiveram, até hoje, uma porção de aventuras diferentes junto com a tia. Isso porque a Margarida tem uma personalidade muito ativa. Ela está sempre querendo ajudar o Donald e metendo-se em seus problemas. De modelo fotográfico a secretária do Patinhas, ela já teve mui profissões nas histórias q participou até hoje.
Cena de O Garimpeiro, onde Margarida apareceu pela primeira vez nas publicações da Editora Abril
Entre as principais atividades da Margarida está a Presidente do Clube Feminino de Patópolis. Lá ela organiza cursos de culinária, sessões costura e bordado e até organizou uma biblioteca, que tornou um local para discussões e debates entre as mulheres de Patópolis. Além disso, Margarida te um diário íntimo, onde e conta tudo o que acontece e sua vida, mas tem sempre preocupação de esconder precioso livro dos olhos curiosos de suas sobrinhas. No Brasil, a primeira história onde a Margarida apareceu foi O Garimpeiro, publicada na revista O Pato Donald nº 4, em outubro de 1950. Nessa aventura a Margarida teve uma participação pequena, mas, dai em diante, e passou a aparecer constantemente em todas as revistas Walt Disney, conquistando um lugar definitivo no coração de todos os brasileiros.
Piada de Eli Marcos Leon, um dos desenhista Disney que fazem parte dos Estúdios da Editora Abril